Veja outras formas de visualizar o blog, clicando nas opções a seguir:
Sidebar Magazine Timeslide
AVISO:
O blog Antropologia da Criança apenas divulga eventos e publicações. Procurem nas respectivas postagens o link do evento para fazer sua inscrição, bem como o link da revista para enviar seu texto - a página Contato não serve para isso.


quarta-feira, 30 de abril de 2014

II SEMINÁRIO INFÂNCIA CRIANÇA INDÍGENA


II SEMINÁRIO INFÂNCIA CRIANÇA INDÍGENA

18-22 de agosto de 2014.


O II Seminário Infância Criança Indígena está sendo organizado pela Universidade Federal de São Carlos, sob coordenação da Prof.ª Drª Clarice Cohn, em continuidade à 1ª edição, organizada pela Universidade Católica Dom Bosco, (UCDB), Mato Grosso do Su,l no ano de 2011.

Mesas Redondas:
"Crianças Mapuche e direitos indígenas na Argentina"
Crianças e outras criações
Conselhos e benzimentos - criando crianças no Alto Rio negro
O debate sobre infâncias indígenas nas formações de profissionais indígenas
Criança indígena e direitos

Grupos de Trabalho:
Direitos e políticas para crianças indígenas
Crianças indígenas nas escolas
Infâncias e Crianças: pesquisas em antropologia da criança

O evento também conta com exibições de filmes e exposições fotográficas.

Mais informações, clicando no link: II Seminário Infância Criança Indígena
 

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Lápis de Cor (2014)

LÁPIS DE COR (2014)

Sinopse:

O documentário aborda a representação racial no universo infantil e a maneira como um determinado padrão de beleza eurocêntrico afeta a auto-imagem e auto-estima de crianças negras, revelando a ação silenciosa do racismo. Lápis de cor, faz referência a uma cor de lápis, conhecida como "cor de pele", que, na verdade, é de tonalidade bege. É essa cor que as crianças utilizam para representar a si mesmas e as pessoas do seu convívio, compondo, nos desenhos, um fenótipo de pessoas brancas - olhos claros, cabelos louros e pele bege -- mesmo quando são negras as pessoas representadas.



Estreou em rede nacional e internacional através do Canal Futura no dia 22 de abril (terça-feira).

Página no facebook: www.facebook.com/doclapisdecor

Entrevista à CBN sobre relação entre mídia, erotismo e infância

Prezados,

Compartilho com vocês uma entrevista que concedi à rádio CBN neste fim de semana sobre minha pesquisa de mestrado. Convivi com 21 crianças que frequentam uma ONG na zona oeste de São Paulo para responder à pergunta: que usos e apropriações elas fazem de conteúdos eróticos e amorosos produzidos pela mídia?




Quem preferir, pode acessar a entrevista pelo site da CBN.

Pensar la infancia desde América Latina


domingo, 27 de abril de 2014

Classroom Portraits, from 2004 - Julian Germain

Classroom Portraits, from 2004

Julian Germain


    This ongoing series began in schools in North East England in 2004 and was extended to schools throughout the UK the following year. Since 2005 the archive has grown to include schools from North and South America, Europe and the Middle East.

    “….the power of the images is in their direct connection to the viewer. We remember our own schooldays and wonder what happened to our own classmates. By presenting different pupils, different schools, different year groups, Germain asks questions about contemporary educational practices and social divisions. Already we can imagine the life trajectories of some of these young people. Here are faces full of hope and promise. Here also, is the silent threat of failure. Aspiration competes with apathy…..” 
    Tom Shakespeare. Archive Magazine, October 2005

sábado, 26 de abril de 2014

sexta-feira, 25 de abril de 2014

I CONGRESO DE LA ASOCIACIÓN ARGENTINA DE SOCIOLOGÍA


I CONGRESO DE LA ASOCIACIÓN ARGENTINA DE SOCIOLOGÍA 

ENCUENTRO PRE ALAS 2014 

Preparatorio Congreso ALAS Costa Rica 2015 

“Nuevos protagonistas en el contexto de América latina y el Caribe”


Campus Resistencia, Universidad Nacional del Nordeste, Resistencia
Chaco - 29, 30 y 31 de octubre de 2014

Correo de contacto: prealas2014_aasunne@gmail.com


Ejes y Mesas:
Ejes Temáticos:
  • Nuevas estrategias de indagación 
  • Enfoques teóricos 
  • Subjetividades emergentes 


Temáticas y Mesas:

2.- Sociología de las generaciones y de las juventudes

Mesa 4
Curso de la vida y procesos de envejecimiento
Ver Fundamentación (Click aquí)
Coordinadoras: Liliana Gastrón, Julieta Oddone y Gloria Lynch
Correo electrónico: mesa4aasunne@gmail.com
Mesa 5
Juventudes: construcciones, experiencias y significaciones
Ver Fundamentación (Click aquí)
Coordinadores: Pablo Andrés Barbetti y Blanca Sobol
Correo electrónico: mesa5aasunne@gmail.com
          
6.- Sociología de la educación

Mesa 16
Demandas por el acceso a la educación desde organizaciones y movimientos sociales: procesos emergentes, tensiones y límites
Ver Fundamentación (Click aquí)
Coordinadoras: Laura Rosso y Gladys Blazich
Correo electrónico: mesa16aasunne@gmail.com
Mesa 17
Tecnologías, inclusión social y educación.
Ver Fundamentación (Click aquí)
Coordinadoras: Silvia Lago Martínez y Analía Marotías
Correo electrónico: mesa17aasunne@gmail.com
Mesa 18
Educación y Tecnologías: transformaciones en la superficie y cambios estructurales
Ver Fundamentación (Click aquí)
Coordinadora: María Paula Buontempo
Correo electrónico: mesa18aasunne@gmail.com
Mesa 19
Luchas por la igualdad educativa. Estado, organizaciones, instituciones y sujetos
Ver Fundamentación (Click aquí)
Coordinador: Mariana Ojeda
Correo electrónico: mesa19aasunne@gmail.com

Link Temáticas y Mesas:


Resúmenes: Fecha límite de presentación: 30 de mayo 
Aceptación del resumen: 23 de junio
Ponencias: Fecha límite de presentación: 20 de Julio

Circulares:
Haciendo click en el enlace podrá descargar la circular:

·         

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Apresentando os novos autores/colaboradores do blog

Apresentando os novos colaboradores do blog:

Cibele Noronha de Carvalho: Formada em Filosofia pela UFMG. Concluiu o Mestrado na Faculdade de Educação dessa mesma universidade desenvolvendo uma pesquisa sobre brincadeiras tradicionais infantis com assuntos interditos. Atualmente cursa Doutorado ainda no campo dos Estudos da Infância.

Poliana Queiroz: Graduada em Ciências Sociais na Universidade Federal de Mato Grosso e mestranda em Antropologia Social pela mesma Universidade. Durante a graduação, desenvolveu diversas pesquisas nos mais variados temas, desde cultura popular até a cibercultura. Mas agora no mestrado sua pesquisa tem ênfase em antropologia da criança. Revela que ainda está em dúvida entre discutir a construção do gênero na infância ou desenvolver a reflexão da criança inserida nos grupos populares de Siriri e Cururu na cidade de Cuiabá. 

Jacqueline Sobral: Jornalista e Mestre em Comunicação e Práticas de Consumo pela ESPM-SP, começou a pesquisar a relação mídia e infância no mestrado e se apaixonou pelo tema. Sua dissertação foi um estudo sobre representações de amor, erotismo e sexo construídas por crianças populares a partir de seu cotidiano e de conteúdos midiáticos. 

Kleber de Oliveira:
Cientista Social (USP); Mestre em Psicologia (UFES); Doutorando Historia Econômica (USP).

E, por fim, organizando o blog desde seu início, em 2011,

Francine Bordin: Bacharel em Ciências Sociais (2010); Especialista em Educação Infantil (2010); e, Mestre em Educação (2014) ambos pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). E, cursando a Licenciatura em Ciências Sociais pela mesma universidade. Tem experiência na área de Antropologia e Sociologia da Infância e da Criança, desenvolvendo pesquisas sobre desenhos infantis e imagens da infância.


quinta-feira, 17 de abril de 2014

IV Seminário de grupos de pesquisa sobre crianças e infâncias


24 a 27 de setembro de 2014.

Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás.

Site do evento: http://grupeci.fe.ufg.br/

Cronograma:

Eixos Temáticos:

1 - História e Concepções de Infância – Contempla os campos de conhecimentos científico-acadêmicos voltados à reflexão acerca da infância, considerando diferentes perspectivas teórico-epistemológicas: Pedagogia da Infância, Sociologia da Infância, Antropologia da Infância, Geografia da Infância, Filosofia da Infância, História da Infância, Psicologia do Desenvolvimento e outras.
2 - Infância e Tecnologias – Abrange pesquisas e reflexões sobre as relações entre culturas, infâncias e mídias, e as mediações tecnológicas nos processos educacionais.
3 - Práticas Educativas e Infâncias – Abrange o cotidiano de diferentes instituições educacionais, incluindo suas atividades, organização do espaço, do tempo, as interações, documentação, avaliação, conteúdos e metodologias.
4 - Políticas para a Infância e Formação de Professores – Contempla as produções acadêmico-científicas que tratam de ações políticas e legislações referentes à Educação Infantil e a infância. Aborda pesquisas e reflexões sobre a formação de professores em suas dimensões e especificidades: creches, pré-escolas, movimentos sociais, educação indígena, educação a distância e outras.
5 - Infância, Cultura, Diversidade e Inclusão – Contempla estudos sobre concepções, políticas e práticas relacionadas à infância e diversidades, de modo especial, às identidades e diversidades regionais, de gênero e sexualidade, etnorraciais e educação inclusiva.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Chamada de artigos: Revista Clóvis Moura de Humanidades

Link: http://revistacm.uespi.br/revista/index.php/revistaccmuespi

II SIMPÓSIO LUSO-BRASILEIRO EM ESTUDOS DA CRIANÇA

II SIMPÓSIO LUSO-BRASILEIRO EM ESTUDOS DA CRIANÇA
PESQUISA COM CRIANÇAS: DESAFIOS ÉTICOS E METODOLÓGICOS

25 e 26 de agosto de 2014

Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil. 

Programação:
25/08:
9h30 - 12h: Conferência de Abertura: ESTUDOS DA CRIANÇA: perspectivas éticas e metodológicas no Brasil e em Portugal 
Convidados: Prof. Manuel Sarmento (UMINHO/PT) e Prof.a Rita Ribes (UERJ/BR)

26/08:
9h - 12h: Conferência: O que tem a dizer sobre pesquisa com crianças: experiências de Brasil e de Portugal
Convidadas: Prof.a Catarina Tomás (ESPL/PT) e Prof.a Patricia Lima de Moraes (UFSC/BR)
16h - 18h: Conferência de Encerramento: As marcas da dialogicidade de pesquisadores luso-brasileiros em Estudos da Criança
Convidadas: Prof.a Natalia Fernandes (UMINHO/PT) e Prof.a Leni Vieira Dornelles (UFRGS/BR)

Site do evento: www.estudosdacrianca.com.br

Obesidade e sobrepeso infantil cresceram 1.000%

Esta taxa foi considerada por pesquisador "extremamente alta"


A obesidade e o sobrepeso afetam 39% das crianças brasileiras, o que representa 1.000%  
a mais que há 40 anos, segundo o pesquisador e médico brasileiro Víctor Rodríguez 
Matsudo, um dos responsáveis pelo Estudo Internacional de Obesidade Infantil, 
desenvolvido em vários países.
Esta taxa foi considerada por Matsudo "extremamente alta", 
e o profissional adverte que a tendência é esta porcentagem continuar subindo.


Reportagem completa em:  

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Chamada de artigos para a revista Sociologie

Chamada de artigos para revista francesa Sociologie: les rapports l'âge dans l' enqûete. Penser las rapports sociaux d'âge entre enquêtés et enquêteurs. 

As propostas de artigo devem ser encaminhadas até o dia 15 de maio para os coordenadores: 
- Fanny Auger (fanny.auger59@hotmail.fr) 
- Claire Lefrançois (claire.lefrancois@univ-lille3.fr) 
- Valentine Trépied (valentine.trepied@ehess.fr)


Link da revista:


sexta-feira, 4 de abril de 2014

Chamada Pública nº 040/2014 - Projeto “Situação das Políticas Públicas de Proteção especial para crianças e adolescentes no Brasil”


Chamada Pública nº 040/2014 - Projeto “Situação das Políticas Públicas de Proteção especial para crianças e adolescentes no Brasil” 

Vagas: 01 Assistente de Pesquisa III (Mestre presencial)
Prazo de inscrição: 28 de Março a 14 de Abril de 2014 
Resultado: A partir de Abril de 2014
Início das bolsas: A partir de Maio de 2014


Informações: www.ipea.gov.br

quarta-feira, 2 de abril de 2014

terça-feira, 1 de abril de 2014

CENÁRIO BRASIL - Principais Indicadores da Criança e do Adolescente

CENÁRIO BRASIL
Principais Indicadores da Criança e do Adolescente

A Fundação Abrinq apresenta o Cenário da Infância e da Adolescência no Brasil, uma análise dos principais indicadores sobre Educação, Saúde e Proteção no país.

Clique na imagem para acessar o arquivo em pdf.